Poema de Isabel Aguiar

a única luz é um fio

e não há nada a perder

nunca há alguma coisa

contrária à sua natureza

o vosso rosto levanta-se com o sol

o entorno é este pranto

dos pássaros

esperanto esperando-vos

pão e côdea reunidos

a caminho da mesma boca

sem peixe o pássaro

pode ser alcançado pelos gatos.

Isabel AguiarA Língua de Esperanto dos Pássaros, editora Labirinto, Fafe, 2015, p. 18.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s