Grande Prémio de Romance e Novela da APE para o Escritor Mário Cláudio

A Associação Portuguesa de Escritores informa que, na manhã de hoje, atribuiu o Grande Prémio de Romance e Novela APE/ DGLAB   2014, ao livro Retrato de Rapaz, de Mário Cláudio (Dom Quixote).

O júri, constituído por José Correia Tavares, que presidiu, Ana Paula Arnaut, Isabel Cristina Mateus, Maria João Cantinho, Miguel Miranda e Miguel Real, ao reunir pela 3.ª vez, deliberou maioritariamente, pois Isabel Cristina Mateus e Maria João Cantinho votaram em Impunidade, de H. G. Cancela (Relógio D’Água).

Mário Cláudio – premiado, há 30 anos, com Amadeo – junta-se a Vergílio Ferreira, António Lobo Antunes, Agustina Bessa-Luís e Maria Gabriela Llansol, únicos autores que entretanto bisaram.

Dos 86 livros admitidos ao concurso, de 64 homens (1 com 2 romances) e 21 mulheres, com a chancela de 35 editoras, o júri, na 2.ª reunião, já destacara 5 finalistas.

Dotado com 15.000 euros, e atribuído a 28 autores (15 homens e 13 mulheres), de 18 editoras, o Grande Prémio de Romance e Novela APE/DBLAB, instituído em 1982, teve, nesta 33.ª edição, o patrocínio da Direcção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas, Fundação Calouste Gulbenkian, Imprensa Nacional-Casa da Moeda, Instituto Camões e Sociedade Portuguesa de Autores.

Advertisements

3 thoughts

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s