Para onde nos leva esta Europa?

Assistimos, hoje, não apenas ao desmoronamento da economia dos países mais fragilizados, como também ao arruinar da sua estabilidade política, como a mais pesada factura da austeridade. Olhar hoje para o governo grego, onde vemos agora Tsipras (há dois anos um profeta da esquerda em toda a Europa) isolado e, até, acusado de traição para com o seu povo, provoca uma consternação profunda, pois põe em causa todo o optimismo que havia, até aqui, na crença de se conseguir mudar o paradigma político da União Europeia.

Rate this:

Read More…