A morte é um Mestre que veio da Alemanha

E grita toquem mais doce a música da morte a morte é um mestre/Que veio da Alemanha(…)  (Celan, Sete Rosas mais Tarde, 1996, pp. 16, 17) A obra de Paul Celan, como sabemos, entrosa numa tradição poética que remonta a Wilhelm von Humboldt (1767-1835) e ganha uma notável expressão na hermenêutica de autores do século […]

Rate this:

Read More…
Paul Celan

Colóquio Paul Celan

PAUL CELAN: DA ÉTICA DO SILÊNCIO À POÉTICA DO ENCONTRO Paul Celan: From an Ethics of Silence to a Poetics of the Encounter _____________________________________________________________________ 11-12 Outubro de 2012, FLUL e Goethe-Institut, Lisboa. Apresentação Assumindo-se como uma das vozes poéticas mais singulares do século XX, Paul Celan aceitou, na indigência da época, a responsabilidade do Canto. […]

Rate this:

Read More…