PRÉMIO LITERÁRIO GLÓRIA DE SANT’ANNA
2017
Obra Vencedora
DO ÍNFIMO
Autor
MARIA JOÃO CANTINHO
EDITORA
COISAS DE LER
[…]
É um livro com extremo equilíbrio (o mais equilibrado do conjunto), que tem arquitectura e é meditado,com ampla consciência do seu ofício, sendo discursivo sem cair no vício da retórica, com um léxico medidoe uma expressividade controlada que não perde de vista os seus efeitos emocionais mas não se mete emponta dos pés, procurando atrair pelo “sensacionalismo das imagens”.
Para além do conjunto que como disse é extremamente coeso e que envereda por uma poesia existencial e de reflexão ontológica, Do Ínfimo alia duas coisas que raramente casam com esta eficácia: a sobriedade e a capacidade digressiva de quem reflecte. Cf. o poema Gestos, Irmãos ou Assombro, por exemplo, cujo fecho é um bom exemplo de uma poesia que soube unir a imagem e o estremecimento do pensamento:
“é um abismo em forma de rosa”.[…]
ANTÓNIO CABRITA
Júri:
Olinda Beja
– Escritora, Professora
– São Tomé e Príncipe
António Cabrita –
Escritor, Professor
– Moçambique
Jacinto Guimarães –
JORNAL DE VÁLEGA
– Portugal
João Guisan
– Professor,
Escritor
– Galiza
Andrea Paes –
Ourives, Poeta
–Portugal

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s